Período de inscrição:
03/08 - 06/11
Taxa de inscrição:
Vestibular: R$ 150,00 até 6/11, às 18h
Enem: R$ 50,00 até 2/12, às 18h
Forma de pagamento:
Boleto Bancário ou Cartão de Crédito
Data e Local de Prova:
22/11/2020 - Prova Online
Relação candidato-vaga:
6,43 (Vestibular 2020.1)
Mensalidade:
R$ 5.030,15 (Vestibular 2020.1)
Período:
Matutino
Unidade:
FGV
Avenida Paulista, 548 – Bela Vista – São Paulo
Contato:
(11) 3799-3608 e (11) 3799-3755
Sobre o curso

O curso de Relações Internacionais da FGV foi feito para transformar o horizonte profissional de estudantes brasileiros interessados em seguir uma carreira global. Trata-se de um programa desenhado para equipar os alunos com as habilidades e competências necessárias para trabalhar em organismos internacionais, bancos de investimento, organizações não-governamentais, consultorias de risco político, empresas multinacionais, mídia e comunicação, além de carreiras em pesquisa aplicada. 

Ao longo do curso, os alunos estudam questões de geopolítica e diplomacia, conflito e crises humanitárias, economia e finanças globais, cooperação internacional para o desenvolvimento, técnicas de negociação em contextos multiculturais, avaliação de políticas públicas e Big Data.

Por que escolher?

Desde o início do curso, os estudantes são preparados para a prática profissional em um leque diverso de carreiras globais. Adquirem repertório de conceitos, métodos e técnicas para dar assessoria, fazer análises qualificadas da conjuntura política e econômica, gerir projetos, elaborar pedidos de financiamento, escrever artigos de opinião para a grande imprensa, produzir e gerenciar grandes bases de dados, interpretar estatísticas e desenhar estratégias de negociação. Ao fim do curso, os egressos estão qualificados para realizar essas tarefas com proficiência em ambientes multiculturais e multilinguísticos. Nossa função é garantir que todos os egressos tenham os instrumentos necessários para fazer as melhores escolhas profissionais e construir uma trajetória própria, produtiva e criativa.

Enem

Além do resultado do Vestibular, a FGV também classifica candidatos com base nas notas fornecidas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais do Ministério da Educação (INEP/MEC). 

Processo Seletivo Internacional

O processo seletivo internacional é desenhado para o aluno que fez exames de admissão universitária internacionais, tais como SAT, Abitur, International Baccalaureate (IB) ou Baccalauréat (Bac). 

Habilidades profissionais

Desde o início do curso, os estudantes são preparados para a prática profissional em um leque diverso de carreiras globais. Adquirem repertório de conceitos, métodos e técnicas para dar assessoria, fazer análises qualificadas da conjuntura política e econômica, gerir projetos, elaborar pedidos de financiamento, escrever artigos de opinião para a grande imprensa, produzir e gerenciar grandes bases de dados, interpretar estatísticas e desenhar estratégias de negociação. Ao fim do curso, os alunos estarão qualificados para realizar essas tarefas com proficiência em ambientes multiculturais e multilinguísticos.

Internacionalização

O curso foi desenvolvido visando preparar os alunos para alcançar carreiras globais de sucesso. Para tanto, a Escola conta com amplas conexões internacionais, criando possibilidades de intercâmbio para os alunos nas melhores universidades ao redor do mundo. A Escola também prepara os discentes para se candidatarem a vagas de estágio e pósgraduações no exterior.

Corpo docente qualificado

Nossos professores obtiveram seus respectivos doutorados em universidades de ponta mundo afora. Além da excelência acadêmica, o corpo docente é caracterizado pela experiência profissional em organismos internacionais, na formulação de políticas públicas e em consultorias privadas, além de pesquisa aplicada à solução de problemas do mundo real.

Nós sabemos que a escolha de uma profissão é uma das grandes decisões que você vai tomar na vida. Por isso, a FGV quer ajudar você a conhecer um pouco mais sobre sua futura carreira.

A formação em Relações Internacionais abre portas para você trabalhar num leque amplo de profissões globais. Veja alguns exemplos ao lado:

  • Gestão de projetos e avaliação de impacto em órgãos tais como Secretariado Geral da ONU, UNICEF, Alto Comissariado para Refugiados, Organização Mundial da Saúde.
  • Monitoramento de projetos e gestão de dados em instituições como Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Organização Mundial do Comércio, Banco dos BRICS.

Mensuração e avaliação de risco político para bancos privados nacionais e estrangeiros, BOVESPA e hedge funds no Brasil e no exterior.

  • Análise para consultorias de risco político
  • Identificação de soluções para crises de imagem, assessoria parlamentar e representação de interesses de empresas privadas junto ao setor público
  • Elaboração de campanhas sociais, advocacy, promoção de iniciativas de responsabilidade social das empresas.
  • Relações institucionais de empresas multinacionais e start-ups de alcance global. 
  • Diplomacia empresarial, promoção comercial e comércio exterior.
  • Assessoria a equipes de negociação em ambientes de conflito.

Elaboração de projetos para organismos de alcance global como Greenpeace, Human Rights Watch e Anistia Internacional ou organizações filantrópicas internacionais como Fundação Bill and Melinda Gates, Fundação Ford e Fundação Fullbright.

Captação de financiamento e campanhas de advocacy para organismos de alcance local que, sendo pequenos, precisam maximizar e mensurar com precisão o seu impacto social.

  • Trabalho de gestão, negociação e interpretação de dados complexos em órgãos tais como Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), BNDES, Polícia Federal, Petrobras, Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.
  • Assessoria internacional junto ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados e aos tribunais superiores do país.
  • Assessoria internacional para governos municipais e estaduais.
  • Cobertura internacional para a grande imprensa (jornais, blogs e televisão).
  • Assessoria de comunicação para governos, organismos internacionais ou empresas privadas.
  • Media training e gestão de imagem global de indivíduos, marcas ou governos.

Prosseguimento para um programa de pós-graduação em uma das melhores universidades do mundo, visando uma carreira em pesquisa e/ou docência em Relações Internacionais.

A Escola de Relações Internacionais oferece três modalidades de bolsa de estudo.

Bolsa de mérito

Atribuída em função do desempenho acadêmico do aluno. No caso de alunos ingressantes, considera-se a performance no Processo Seletivo Vestibular, conforme a tabela abaixo:

 VESTIBULAR

1° e 2° LUGARES - 100%  

3° e 4º LUGARES - 90%

5º e 6º LUGARES - 80%

7° E 8° LUGARES - 70%

Bolsa restituível

Destinada a alunos com necessidade comprovada, consistem em um financiamento que cobre entre 20 e 100% da mensalidade do curso. O ressarcimento é obrigatório e será realizado após a conclusão do curso. Os valores são atualizados pela variação do IGP-M, porém sem juros.

As bolsas são concedidas com base nos seguintes critérios: (i) disponibilidade de recursos; (ii) necessidade financeira do aluno e de seus familiares; e (iii) desempenho acadêmico do aluno.

A bolsa é válida pelo período de 1 (um) ano, sendo renovável a critério da Comissão de Bolsas.

Bolsa não-restituível

Modalidade destinada a alunos com comprovada necessidade econômica, corresponderá a uma isenção de 100% no valor da mensalidade do curso.

As bolsas são concedidas com base nos seguintes critérios: i) disponibilidade de recursos, ii) necessidade financeira do aluno e de seus familiares e iii) desempenho acadêmico do aluno.

A bolsa é válida pelo período de 1 (um) ano, sendo renovável a critério da Comissão de Bolsas.

*As modalidades de bolsas são regidas pelos seus respectivos regulamentos. 

 
06
nov
FIM DAS INSCRIÇÕES DO VESTIBULAR
22
nov
Realização das Provas
02
dez
FIM DAS INSCRIÇÕES DO ENEM
11
dez
DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL DO PROCESSO SELETIVO

VÍDEOS

As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19.

Fatal error: Allowed memory size of 268435456 bytes exhausted (tried to allocate 53705779 bytes) in /var/www/html/core/lib/Drupal/Core/Database/Statement.php on line 59